TCS News

24
jan

Quinta, 24 de Janeiro: Dia Nacional do Aposentado

O Dia 24 de Janeiro foi instituído pela Lei No. 6.926 do ano 1981 como sendo o Dia do Aposentado, Lei esta de autoria de Benedito Marcílio, atual Presidente da COBAP.

24
jan

Quinta, 24 de Janeiro: Dia da Constituição

No dia 24 de janeiro comemora-se o dia da Constituição brasileira.

O Constitucionalismo tem suas origens no pensamento europeu do século XVIII, a Revolução Francesa se constituiu como movimento estratégico na transição dos poderes, em substituição à sociedade do Ancien Régime (Antigo Regime), baseada na desigualdade jurídica para uma sociedade democrática.

O Ancien Régime prevaleceu como prática desde a Idade Média (até o século XIV) e percorreu o Absolutismo Monárquico (XVIII). As principais características deste período se basearam nas desigualdades sociais e econômicas, na escravidão, na ausência de leis; o Rei mandava e desmandava, era o poder supremo e absoluto, o governo não tinha um Estado racional.

Com o advento da Revolução Francesa no ano de 1789, iniciou uma nova etapa da história humana, uma etapa que valorizou o pensamento iluminista e efetivou a Declaração Universal dos Direitos do Homem e do cidadão contra o Estado de desigualdade jurídica fundado no Antigo Regime. O principal objetivo dos revolucionários franceses era escrever uma Constituição para a França, fato que ocorreu em 1791, e sacramentar o Antigo Regime.

No Brasil, a Constituição é comemorada no dia 24 de janeiro, a primeira Constituição brasileira surgiu no ano de 1824, após o processo de Independência do Brasil, que ocorreu em 1822. Em 1823, o imperador D. Pedro I nomeou os constituintes que iriam escrever nossa Carta Magna (Constituição). A primeira Constituição brasileira de 1824 teve como principal característica a efetivação e preponderância do poder do monarca acima dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. D. Pedro I realizou manobras políticas para não perder espaço político e para não reduzir suas deliberações. Ao contrário da Constituição Francesa, a Constituição brasileira delegou maiores poderes ao Imperador e não à sociedade que carecia tanto de democracia.

Após a Proclamação da República no ano de 1889, logo em seguida, em 1891, a segunda Constituição brasileira foi promulgada, o principal avanço desta Constituição em relação a anterior foi que a Constituição de 1891 acabou com qualquer possiblidade do Estado brasileiro retornar ao Imperialismo, ou seja, ao governo imperial.

A terceira Constituição brasileira foi outorgada no ano de 1934, pela chamada Revolução Constitucionalista de 1932. Essa Constituição teve breve duração, foi marcada por um ambiente político cercado de crises, incertezas e ressentimentos. Logo, no ano de 1937, com a ascensão do Estado Novo, o presidente Getúlio Vargas formulou uma nova Constituição brasileira (1937) para legitimar a ditadura que havia implantado.

Ao final de 1945, no ano de 1946, outra Constituição brasileira havia sido outorgada, grupos pertencentes ao Estado Novo queriam a continuidade da ditadura, fato impossível para aquele contexto histórico. Pois no ano de 1945 havia terminado a Segunda Guerra Mundial, o mundo carecia de democracia para reconstruir as ruínas deixadas pela guerra, pelas ditaduras dos Estados Totalitários.

A sexta versão da Constituição brasileira foi escrita no ano de 1967, sob a égide da ditadura militar. Os militares implantaram a ditadura no ano de 1964, que perdurou até 1985. A Constituição de 1967 foi reescrita sob a ótica da censura e da repressão, já em 1969 ela foi modificada com o Ato Institucional nº 5 (asseveramento da censura e da ditadura).

A última versão da Constituição brasileira foi reescrita na Assembleia Constituinte de 1987.

Na década de 1980, partidos políticos, movimentos sociais e instituições educacionais, juntamente com trabalhadores e estudantes mobilizaram em prol da prevalência da democracia no Governo brasileiro e da reabertura democrática; essa mobilização ficou conhecida como ‘Diretas já!’.

Após a abertura política no Brasil, em 1986 foram escolhidos através de votação os constituintes que iriam redigir a nova Constituição do Brasil na Assembleia Constituinte. Feito isto, no ano de 1988 a nova Constituição brasileira já era uma realidade. A democracia brasileira ganhava grandes avanços em termos políticos, pois a Constituição de 1988 se tornou a primeira Constituição realizada por representantes da sociedade e não como as anteriores, que o governo impunha as Emendas Constitucionais que lhes convinham.

O principal avanço que a sétima Constituição brasileira (1988) acrescentou para ampliação da democracia brasileira foi a eleição direta para presidente, governador, prefeito, senador, deputado e vereador, ou seja, perpetuou a escolha de nossos representantes políticos através do voto universal. Dessa maneira, o texto marcou o processo de redemocratização do Brasil.

Para finalizar, acreditamos que a principal função de uma Constituição é reger o ordenamento jurídico do país através de um conjunto de regras e normas governamentais.

Leandro Carvalho
Mestre em História.

Fonte: www.brasilescola.com
22
jan

Fenacon e TCS realizam treinamento de reciclagem

Na última semana, de 14 a 18 de Janeiro de 2013, foi realizado, no Rio de Janeiro, treinamento de reciclagem dos Sistemas TCS. Esse treinamento faz parte de uma programação da TCS e da Fenacon para reciclar todos os usuários dos sistemas, de sindicatos filiados a Fenacon. Essa programação teve início em 2012 e tornou-se um Projeto Permanente de Reciclagem em parceria com a Fenacon.
A reciclagem é uma forte ferramenta de gestão da atualidade, que auxilia as entidades e aumenta a produtividade e a qualidade do trabalho.
O responsável pelo treinamento foi o Analista de Suporte e Instrutor TCS, Clayton Cardozo da Rosa, que somou mais 2.836 Km a sua planilha de viagens realizadas pela TCS Sistemas.
Participaram do treinamento:
Fenacon, Sescon Rio de Janeiro, Sescon Sul Fluminense e Sescon Tupã.





20
jan

Domingo, 20 de Janeiro: Dia do Farmacêutico

Ser Farmacêutico
É mais do que possuir formação técnica de alto nível.
É lidar com o ser humano que precisa de atenção, cuidado e orientação.
É estar disposto a ouvi-lo e ouvindo-o, nada menosprezar.
É respeitá-lo em suas queixas, clarear suas incertezas e perceber suas angustias.
É colocar, na fórmula que prepara e no trabalho que realiza, o saber aprendido ou descoberto na experiência de cada dia.
É estar a serviço da arte de curar os males do corpo.
Se, além disso, usar sua percepção, sensibilidade e discernimento, terá sabedoria para aliviar as dores da alma.
PARABÉNS A TODOS OS FARMACÊUTICOS!

18
jan

Seprorgs recebe treinamento do sistema TCS’Bancos

Hoje, sexta-feira 18 de janeiro é dia de treinamento TCS na sede do Seprorgs em Porto Alegre. Mais uma vez o Analista de Suporte e Instrutor TCS, Alexandre Broglio Filho, aumenta seus quilômetros rodados pela empresa, para realizar o treinamento do sistema TCS’Bancos, contratado pelo Seprorgs.
15
jan

TCS Sistemas dá continuidade ao treinamento do Sescap Paraná

Semana itensa em Curitiba! Na última semana, entre 07 e 11 de Janeiro de 2013, a TCS Sistemas deu continuidade ao processo de treinamento dos sistemas recentemente implantados no Sescap Paraná. Na oportunidade o Analista de Suporte e Instrutor da TCS, Alexandre Broglio Filho esteve revisando solicitações do cliente, revisando processos e conferindo dados de importação, adequando rotinas e treinando os colaboradores da entidade.
Depois de uma longa viagem, de mais 1000 km, entre ida e volta, não é hora de descansar, ainda temos muito trabalho a fazer, para garantir total aderência dos sistemas no Sescap Paraná e adequar as solicitações de customização, de acordo com a necessidade do nosso cliente.




Na foto, colaboradores do Sescap PR que receberam treinamento e suporte.
15
jan

Equipe de suporte em constante reciclagem

O ano que passou foi um ano de grandes mudanças e aperfeiçoamentos aqui na TCS Sistemas. Mudamos para melhor, crescemos e atingimos novos objetivos.
Foi no ano de 2012 que o projeto de reciclagem de equipe foi implantado, trazendo benefícios não só para a empresa e colaboradores, mas para nossos clientes, motivo principal da nossa atuação.
Em 2013 reafirmamos nosso compromisso com a qualidade e excelência dos serviços prestados, e uma nova etapa do projeto de reciclagem foi iniciada. Toda a equipe de suporte é submetida a treinamentos sobre todo o conjunto de sistemas TCS. Além do estudo de cada funcionalidade e processo de cada sistema, nossos colaboradores respondem provas e realizam testes nas versões de demonstração de cada sistema, garantindo assim total aderência e aprendizado.
TCS Sistemas, qualidade em primeiro lugar!

09
jan

Sescon Serra Gaúcha recebe treinamento na sede da TCS Sistemas

Na manhã do dia 08 de Janeiro, o Sescon Serra Gaúcha recebeu treinamento do Supervisor de Suporte Luiz Henrique Mattevi que além de revisar processos e rotinas do Sistema TCS’A Receber, abordou a integração contábil, onde as colaboradoras Thais Trevisol, Camila Rauber e Eliane Carniel puderam aprender e praticar a parametrização e cadastro de históricos contábeis e financeiros.
Na mesma oportunidade as participantes assistiram a demonstrações de processos cotidianos relativos ao módulo Financeiro, comuns nos sistemas TCS’Bancos e TCS’Caixa.

09
jan

Quarta, 09 de Janeiro: Dia do Fico

A expressão,Dia do Fico, deve-se a uma frase célebre de dom Pedro, então príncipe-regente do Brasil, que era na época um Reino Unido a Portugal e Algarves:
Em 9 de janeiro de 1822, D. Pedro I recebeu uma carta da corte de Lisboa, exigindo seu retorno para Portugal. Há tempos os portugueses insistiam nesta ideia, pois pretendiam recolonizar o Brasil e a presença de D. Pedro impedia este ideal. Porém, D. Pedro respondeu negativamente aos chamados de Portugal e proclamou : ""Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico".

Porém, para compreendê-la melhor, é necessário conhecer o contexto em que ela foi dita:
Em 1807, com o objetivo de expandir seu poder sobre o continente europeu, Napoleão Bonaparte planejava uma invasão sobre o reino de Portugal, e, para escapar dos franceses, a família real portuguesa transferiu-se para o Brasil, que se tornou o centro do Império português.


A chegada da família real teve um grande significado para o desenvolvimento do país que até então, era uma das colônias portuguesas. A fixação da corte no Rio de Janeiro teve inúmeras consequências políticas e econômicas, dentre as quais devemos destacar a elevação do país à categoria de Reino Unido, em 1815. O Brasil então deixava de ser colônia.


Entretanto, cinco anos depois, com as reviravoltas da política européia e o fim da era napoleônica, uma revolução explodiu em Portugal. As elites políticas de Lisboa adotaram uma nova Constituição e o rei dom João VI, com medo de perder o trono, voltou do Rio para Lisboa, deixando aqui seu filho, dom Pedro, na condição de príncipe-regente.


As cortes de Lisboa, porém, não aprovavam as medidas tomadas por dom Pedro para administrar o país. Queriam recolonizar o Brasil e passaram a pressionar o príncipe para que também retornasse a Lisboa, deixando o governo do país entregue a uma junta submissa aos portugueses.

A reação dos políticos brasileiros foi entregar ao regente uma lista com aproximadamente 8 mil assinaturas solicitando sua permanência no Brasil. A resposta de dom Pedro foi a célebre frase citada acima. Ela marca a adesão do príncipe regente ao Brasil e à causa brasileira, que vai culminar em nossa Independência, no mês de setembro daquele ano. O Dia do Fico, deste modo, é um dos marcos do processo de libertação política do Brasil em relação a Portugal.




Dom Pedro I do Brasil e IV de Portugal
09
jan

Um novo ano, novos desafios

Estamos entrando em 2013, e é hora de executar o planejamento elaborado no final de 2012. Não perder tempo é essencial.
Temos muitos desafios para 2013. Após a implantação do PROJETO 360°, que agora completa 1 ano, as metas e as ambições tornaram-se mais claras, mais tangíveis, mais ousadas, não só no papel, mas na mente e nas atitudes de nossos colaboradores.
Dando continuidade ao que já praticamos muito em 2012, novos sistemas, novas rotinas, novas funcionalidades que já fazem parte do nosso dia a dia, continuarão surgindo. Vamos continuar a inovar a cada dia.
Queremos ir além, queremos implantar um projeto de QUALIDADE, pois assim estaremos dando um passo fundamental para os desafios que o mercado nos impõe.
Estaremos mais próximos dos nossos clientes, queremos ouvir mais, saber mais deste segmento, pois assim estaremos compartilhando e usando nossas habilidades técnicas para satisfazer as necessidades dos nossos clientes e do mercado.
Um novo ano se inicia, com novos desafios e novas ambições,mas com trabalho e dedicação chegaremos lá.
Aproveito este espaço para desejar a todos os nossos clientes, um excelente 2013, repleto de alegria, saúde, sucesso e muitas realizações.



Ricardo Pedro Timmers
Diretor TCS Sistemas


Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25